03 Março 2007

Carta de Amor

João

Quero que me escrevas todos os dias uma carta. Uma carta de engate. Como só tu sabes fazer.

Vê, tenho esta fantasia contigo e quero realizá-la. Quero que me escrevas da maneira como falas. És fluente e interessante a falar. És tesudo a falar. Sabes levar-me onde queres que eu vá, ficar perto de ti, amar o meu corpo para ti e contigo.
Tens tudo, nada te falta, não precisas de ir desencantar nada para me deixares feliz. Para me dares mais momentos felizes.
Da maneira que falas, escreves. Tão simples como isto. És tesudo a falar, nos teus desejos, nos meus desejos, a olhares-me terno e guloso, a tocar a minha pele, a chupar a minha boca, a percorreres-me o sexo com os teus dedos, a foderes-me.

Desafio-te, peço-te, manda-me as tuas palavras. Diz o que quiseres da maneira que quiseres. Diz-me tudo aquilo que pensas que eu não gosto de ouvir por tantas vezes te ter dito que não gostava. Mas agora quero. Estou a precisar de ouvir tudo, mas tudo, de ti. TUDO.

Eu responderei a cada carta que me escreveres. Retirarei prazer de te ler e de te escrever. Fode-me a alma, fode-me a cabeça, como só tu sabes foder. Fode. Diz que não me amas, fala-me de outras que te amam, fala-me de outras que amas. Faz-me doer.

Quero-te perto de mim, custe-me isso o que custar. Ter-te perto é TUDO.

Ana)

4 comentários:

Anónimo disse...

Coitada da Ana. Ou muito me engano, ou vai ter muito que esperar.

Trolha disse...

Ela é paciente. Espera sentada.

Anónimo disse...

Mas nenhuma mulher conseguirá esperar pacientemente sentada por um dream boy como ela diz que você é. A não ser que ela tenha exagerado...

Trolha disse...

Aviso:

A publicidade enganosa é punida por lei (Decreto-Lei n.º 330/90, de 23 de Outubro)