11 maio 2010

Violações molhadas

Mulher de 34 anos violada por ladrões de cara tapada (JN, de 10/05/2010)
Ainda bem, observou ela. Os ladrões podiam ser feios.

« (…) as mulheres violadas dizem que lubrificaram. Acontece com muita frequência. E sentem-se culpadas por isso."   (Pedro Nobre, investigador)

Por isso, os violadores conseguem quase sempre os seus intentos em poucos  momentos apesar dos contratempos.
.

7 comentários:

Imperator disse...

peço a costumada justiça!

Trolha disse...

Caro Imperador,
Se aos costumes disseste nada, far-se-á a costumada justiça. Sendo manifesto, público e notório que qualquer violação deve ser julgada com peso, conta e medida.

Se, nalgums casos, face ao peso, à conta e à medida serão meras violaçõeszitas, outros casos haverá em que devem ser severamente punidas: ss violações a seco.

As violações molhadas não têm dignidade penal. «De minimis non curat praetor!»

Grande abraço

5/13/2010

Imperator disse...

caro trolha,

qualquer violação tem dignidade penal

E mais que a violação física, bruta, e destrutiva.

A violação psicológica que muitos e muitas se sujeitam é bem mais grave e destruidora.

basta lembrar-nos da violência doméstica.

basta lembrar-nos das relações laborais onde o trabalhador é constantemente humilhado pela entidade patronal.

basta lembrar-nos da violência nas escolas, onde os professores fecham os olhos para não terem de fazer mais um relatório prejudicial à sua avaliação pessoal.

violações para lá da violação típica temos exemplos que nunca mais acabam.

infelizmente a solução típica de muitos é olhar para o lado, e dizerem não é nada comigo.

e o resultado desse olhar para o lado é simples, lá aparece mais alguém a boiar num qualquer rio português.

o provérbio entre marido e mulher não se mete a colher, nos dias de hoje, infelizmente, é o que mais acontece.

é fácil descobrirmos por aí casos de violência, não denunciados pois da porta para dentro, não temos nada a ver com o assunto, várias vezes oiço isso.

o dever de denunciar, fica, tal como o dever de votar, por esse mesmo dever.

fecha-se os olhos

olha-se para o lado

e os resultados estão à vista

de vez em quando temos uma criança morta por falta de denuncias.

mas o engraçado é que depois até aparecem umas personagens na TV muito ofendidos a dizer que já tinham avisado da situação, mentira.... mas pronto...

mulheres que são constantemente agredidas pelos maridos, os vizinhos sabem, a família sabe, os amigos sabem.

resultado... na hora da verdade ninguém sabe de nada!

cabe a nós todos que temos uma visão um pouco mais aberta, mais clara, instigar a denúncia

ajudar, apoiar, explicar.

não nos podemos desresponsabilizar!

devemos lutar, nem que seja pro bono, para que a final a

costumada justiça seja feita!

Abraço

Anónimo disse...

Imperator,

Quem escreve assim Impera e ponto final.

Trolha disse...

Caro Imperador,
Quem fala assim não é gago. É imperador. Ganhaste, com esse teu comentário, uma legião de fãs.
Grande abraço

Trolha disse...

Cara anónima,
Quem escreve assim pontua ... finalmente.
Bjs e bom fds

Imperator disse...

meu caro Trolha, as fãs são sempre interessantes ;-)

mas prefiro que a fãs (e os fãs) lutem por si e pelos seus direitos

mais do que palavras, são precisos actos!

mas as nossas palavras, infelizmente, em poucos actos se vão traduzir.

quem por aqui navega, está minimamente informado/a e esclarido/a

saberá como reagir e agir perante determinados factos.

o que me entristece são todas aquelas pessoas que são vitimas e que não têm acesso à informação, que não têm um amigo ou uma amiga que os ajude

têm por norma família, mas esses são os primeiros, muitas das vezes a não querer ajudar... afinal o que se passa dentro de casa... não é nada connosco... (já ouvi disto)

mas pronto, ao que parece hoje é feriado (para alguns), agora o país só volta a acordar na segunda-feira (se é que acorda) claro que quando der por ela... não há Papa que os valha e leva-se com um bonito aumento nos impostos... embora tenham até, removido os 5 € de IS nos acordos... são uns mãos largas, paga-se por outro lado...

deixando-me de divagações, resto de boa semana e bom fim-de-semana, que eu vou apregoar lá para o meu canto, que esta casa não é a minha

cordiais cumprimentos provocantes :-)