07 abril 2008

Chegar e Partir

Chegaste como quem chega:
Devagar.

Seduziste como quem seduz:
Com arrebatamento.

Conquistaste como quem conquista:
Esmagando.

Partiste como quem parte:
Definitivamente.

Ficou o vazio.

CHEGAR
SEDUZIR
CONQUISTAR
PARTIR

O ciclo repete-se, inexoravelmente,
Girando em torno do vazio.

Que força fará mover esta engrenagem?


Ela pediu-me para lhe explicar este Poema Experimental

15 comentários:

anasub disse...

Lindo, lindo, lindo!
Nem parece teu, TROLHA.

anasub

Beijo sem respiração

Anónimo disse...

Então não te vou conquistar...
tampouco partir.
Vou-te seduzir, todos os dias, fazendo-te ansiar o dia de amanhã...
E não será seduzir por seduzir.

Um beijo sedutor
M

Bom Dia Portugal disse...

Chagar e parir:
E a força é: a força da tua pila, lógico!

Maria disse...

Muito bom.
Sabemos sempre como começa e como acaba.. a piada está mesmo no como acontece, nos momentos que estão pelo meio..
e a engrenagem lá vai funcionando, sabe-se lá porquê..

sinhã, a. disse...

Se calhar o melhor será acabar e não começar nada. :-)

Trolha disse...

anasub, tu não me conheces.


Um beijo dominador

Trolha disse...

sinhã,a, o melhor será partir antes de chegar.

Beijo muito parvo.

Trolha disse...

Maria, eu gosto dos prólogos, das introduções, dos entretantos e dos finalmentes.

Beijo cheio de energia

Trolha disse...

Anónima M., minha cara:
E isso vai fazer doer muito?


Beijo, ansioso pelo dia de amanhã

Trolha disse...

Bom Dia Portugal, diz-me: estás com o período ou com a TPM?

Beijo cheio de compreensão

Ciranda disse...

Estou farta de círculos. Ficam viciados. Também acho que se perdem as forças, entretanto.

Fica o vazio, como dizes, que se torna constante. Não te parece tudo isto tão triste, às vezes?

Trolha disse...

ciranda, claro que sim. O fim duma relação é sempre triste. E dói.

Mas temos de sobreviver a isso. E a vida continua.


Beijo reconfortante

mariam disse...

caí aqui nem sei como...
fartei me de rir com os comentários, delas e seus!... LOL
fique bem...

Trolha disse...

minha querida e adorada mariam, prezo muito vê-la por aqui a estremecer .. de riso ... com o meu dizer ... e os dizeres dos outros comentadores.
Apareça que será bem recebida.
Espero não a desiludir nunca.

Um beijo esperançoso

Naturezas disse...

Lindo trolha , sinceridade humildade , sem dramas . (não estava habituada)

São estes ciclos , estes rodeios ao vazio que nos permite nunca parar e nunca chegar a ser apanhados pelo vazio, são estes ciclos que nos preenchem , e quando já n precisarmos de andar à roda Trolha já pensaste ?
Beijos sem retorno